Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Clarabóia

Clarabóia

30.01.21

O que quero mesmo ler este ano


Raquel Patrício

F09B54CF-947A-4AFC-9141-7B8794612EA1.jpegOlá a todos!

Estamos a terminar o primeiro mês de 2021 (como assim, já passou um mês?!) e aqueles objetivos que delineamos na passagem de ano ainda estão bastante frescos na memória. Quando começa um novo ano, surgem também novas motivações, vontade de iniciar novos hábitos, de aprender coisas novas e de investirmos naquilo que melhor nos preenche. Como tal, também a nível literário, tento sempre organizar o meu ano e perceber que livros gostava mesmo de ler e que padrões ou tipos de leitura quero incluir na minha biblioteca pessoal. Hoje venho partilhar convosco alguns destes objetivos.

1. Livros há muito tempo parados na mesinha de cabeceira: não sei se sou só eu mas, (in)felizmente, um dos meus grandes vícios é comprar livros novos, mesmo quando tenho imensos ainda por ler. Um dos meus grandes objetivos para este ano é tentar controlar um pouco mais este impulso e começar a dar vazão a livros que já tenho há muito tempo em casa, mas que ainda não os li. 

2. Ler mais em inglês: uma das barreiras que me senti extremamente orgulhosa de ultrapassar em 2020 foi começar a ler livros em inglês. Sempre tive receio de não compreender bem a história ou de sentir extrema dificuldade. A verdade é que decidi arriscar e não foi nada difícil. Como tal, este ano, gostaria de dar continuidade a este hábito pois sinto que é uma forma muito boa de treinarmos o inglês e de adquirirmos mais vocabulário. 

3. Ler um "calhamaço": sou aquele tipo de pessoa que tem respeito a um livro composto e que, muitas vezes, retraio-me de iniciar neste tipo de leituras por ter medo de desmotivar e perder demasiado tempo num livro que posso não estar a gostar e parece não ter fim. O ano passado, o livro mais longo que li foi de 720 páginas. Não senti grande dificuldade porque sinto que a história me cativou bastante. Este ano, queria incluir mais um ou dois livros longos nas minhas leituras, pois acho mesmo que conseguimos ter uma maior profundidade das personagens ou do contexto. Acho que uma das minhas escolhas será "O Pintassilgo". 

4. Reler um livro: sabem aqueles livros que nos marcam profundamente e que recordamos por anos com uma memória bonita? Tenho vários livros desses na minha estante e acho que seria super interessante voltar a reler alguns, já tendo passado alguns anos, e perceber se a minha perspetiva e opinião do mesmo mudou ou se seria reforçada. E, claro, a escolha será obviamente um de Saramago!

5. Ler mais autores nacionais: acho que é fundamental apoiarmos a literatura e os novos autores. Assim, este ano, quero muito ler mais livros de autores portugueses, de preferência novos para mim!

E vocês, que novos hábitos ou rotinas estão a implementar em 2021? Que livros querem mesmo ler este ano? 

2 comentários

Comentar post