Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Clarabóia

Clarabóia

09.01.21

A Little Life | Hanya Yanagihara


Raquel Patrício

29817C1A-451D-4E65-A175-F868A7B51B2E.JPG

Já há bastante tempo que tinha elevadas expetativas para este livro. E bem, não desiludiu!

A história é sobre um grupo de 4 amigos (Jude, Willem, JB e Malcom) desde a sua adolescência até que chegam à meia idade. Apesar disso, a personagem principal é o Jude, um jovem bastante traumatizado pela sua infância. Ao longo do livro, vamos conhecendo os fantasmas que habitam na mente de Jude, que o limitam e condicionam todas as suas ações e atitudes. O livro vai explorando a construção das suas relações e a forma como ele as vê. Não vou revelar mais nada da história pois estragaria completamente as surpresas fantásticas que vão surgindo ao longo da leitura.

As you got older, you realized that really, there were very few people you truly wanted to be around for more than a few days at a time, and yet here you were with someone you wanted to be around for years, even when he was at his most opaque and confusing.

Não é um livro nada fácil de se ler. Não pela escrita, nem mesmo pelo tamanho. Apesar do livro ter mais de 700 páginas (sim, é um verdadeiro calhamaço!!) e de não haver tradução portuguesa (preferi ler em inglês, mas também existe uma versão em brasileiro), o que é realmente díficil é a história. Existem partes brutalmente duras e difíceis. Houve uma parte em particular em que tive que parar a leitura imensas vezes porque não aguentava com as lágrimas e com vontade de vomitar. Acreditem, as descrições são muito físicas, muito viscerais. É um livro profundamente triste, revoltante e bonito - sobre amor verdadeiro e incondicional.  

Relationships never provide you with everything. They provide you with some things. You take all the things you want from a person - sexual chemistry, let's say, or conversations, or financial support, or intellectual compability, or niceness, or loyalty - and you get to pick three of those things. Three - that's it. Maybe four, if you're very lucky. The rest you look for elsewhere. It's only in the movies that you find someone who gives you all of those things. But this isn't the movies. In the real world, you have to identify which three qualities you want to spend the rest of your life with, an then you look for those qualities in another person. That's real life. Don't you see it's a trap? If you keep trying to find everything, you'll wind up with nothing.

Uma das coisas que mais gostei no livro foi de, em muitos capítulos, a história não ser narrada pela prespetiva do Jude mas sim das outras pessoas que o rodeavam. É muito interessante ver esta diferença de pensamentos sobre os mesmos acontecimentos.

Um livro que aconselho vivamente!

Avaliação: 9/10

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.