Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Clarabóia

Clarabóia

11.08.21

A Biblioteca da Meia-Noite | Matt Haig


Raquel Patrício

IMG_1558.jpg

"A Biblioteca da Meia-Noite" foi um daqueles livros que me despertou a atenção logo quando saiu. Basta lermos a sinopse para ficarmos encantados e a fantasiar sobre a possível história que aí vem. Porém, o livro consegue surpreender ainda mais do que aquilo que promete.

Se tivesses a oportunidade de voltar atrás nos teus arrependimentos, farias alguma coisa de diferente?

Este livro narra-nos a história de Nora Seed, uma jovem que sente ter perdido todos os motivos para estar viva. Ao tentar suicidar-se, depara-se com um limbro entre a vida e a morte, que é personificado, na sua mente, por uma biblioteca. Nesta, estão contidos todos os livros com as escolhas preteridas da sua vida. Desta forma, Nora podia escolher qualquer livro e experimentar a sua vida caso tivesse tomado outro rumo. Caso não sentisse que esta era a vida perfeita, iria regressar automaticamente para a biblioteca, tendo novamente a oportunidade de viver outra vida. 

Quando nos deixamos ficar demasiado tempo no mesmo sítio esquecemo-nos como o mundo é vasto.

Não posso partilhar mais nada da história pois senão arriscar-me-ia a dar imensos spoilers e estragar o prazer da leitura a quem ainda quer explorar este magnífico livro. Confesso-vos que senti aquela vontade infantil de ser literalmente transportada para dentro desta biblioteca e poder também observar como estaria a minha vida, se tivesse tomado outras opções! Fiquei a pensar neste livro e nos ensinamentos que me trouxe durante vários dias.

Acho que é um livro mesmo mágico, com uma escrita leve; porém, a mensagem que nos é transmitida é extremamente impactante e relembra-nos da importância de darmos valor àquilo que temos. Viver o presente e aproveitar a vida ao máximo. 

E por aqui, quem já descobriu o prazer deste livro?

Avaliação: 8/10