Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Clarabóia

Clarabóia

02.07.20

Leituras Junho 2020

Raquel Patrício
E, de repente, Junho também já terminou! Esta é a melhor altura para fazer um balanço da primeira metade do ano de 2020 e, caso seja necessário, repensar prioridades e objetivos.  Quanto a leituras, estou muito orgulhosa do meu ano! Tinha-me proposto ler 24 livros durante o ano de 2020 (ou seja, 2 por mês) e, na realidade, já consegui ler 23 dos 24 livros que queria alcançar, em apenas 6 meses. Tem sido um ano muito direcionado para a leitura, a desligar-me de certas coisas menos (...)
30.06.20

Lançamentos: Julho 2020

Raquel Patrício
Olá caros leitores! Ansiosos pelo mês de Julho? Hoje trago-vos, conforme é habitual, as estreias e o lançamento das próximas temporadas das séries e de filmes para este mês, nas plataformas online mais conhecidas.  Dia 1: Giras e Terríveis (Netflix), Mistérios de Lisboa (1ª temporada - HBO) Dia 2: Warrior Nun (Netflix) Dia 3: As Telefonistas (última temporada - Netflix) Dia 10: A Velha Guarda (Netflix), Little Voice (1ª temporada - Apple TV+) Dia 17: Cursed (Netflix), (...)
27.06.20

O Retorno | Dulce Maria Cardoso

Raquel Patrício
"O Retorno" de Dulce Maria Cardoso foi o segundo livro que li da autora e cada vez gosto mais da mesma.  Neste livro, a escritora conta-nos a história de uma família de emigrantes, a viver em Angola, e do seu regresso forçado a Portugal, após a revolução do 25 de abril, em 1974, que potenciou a procura e a luta pela independência de Angola e de outras colónias portuguesas. A história decorre no ano de 1975 e, através dos olhos de Rui, um adolescente de 15 anos, acompanhamos a (...)
25.06.20

A Educação de Eleanor | Gail Honeyman

Raquel Patrício
"A Educação de Eleanor" tem como personagem principal, conforme o título do livro indica, Eleanor Oliphant - uma mulher muito peculiar. Desde o início do enredo que notamos que Eleanor é uma pessoa muito solitária; não tem amigos e a única pessoa com quem fala, apenas uma vez por semana, é com a sua mãe. Contudo, Eleanor já está habituada a estar sozinha no mundo - vive conformada com a sua situação e orgulhosa de não depender de ninguém.  Há pessoas, as mais fracas, que (...)